24 de ago de 2005

03 - Produzindo Jaguara - Agradecimentos

24/08/2005 10:01

Olá, galera das HQs! 
Como sabem, este blog foi criado para mostrar o processo de criação do próximo livro da minha personagem Jaguara. Hoje, eu gostaria de falar de uma parte importantíssima de qualquer produção de HQ: as pessoas envolvidas! 
Em 1995, quando criei minha personagem na mesa da cozinha da casa dos meus pais, eu tinha muitas esperanças de que um dia ela pudesse sair dali, mas sinceramente, nunca tinha imaginado chegar aonde cheguei. Poder olhar e folhear o livro da Jaguara em uma livraria, à disposição de quem quiser comprar ou simplesmente admirar, é uma sensação indescritível. Hoje até me chegou uma encomenda do livro para um cara lá da Suíça. Pô, dá pra acreditar!? Mas, definitivamente, tenho ciência de que não teria conseguido isso sozinho! Nestes anos de espera, aprendi algo muito importante: não vamos a lugar algum sem ajuda das pessoas. E não adianta pensar diferente, que esta é a real! Mas o pior, é que existem alguns que acham o contrário, que levar tudo no peito sozinho é sinônimo de independência, coragem e talento. E pior, existem aqueles que acham que as pessoas são um simples meio de atingirem seu objetivo para chegarem lá! Putz, que mediocridade! As pessoas existem para serem, antes de tudo, respeitadas e ouvidas para que um dia elas possam nos agraciar com sua escolha por nossa obra! Sem elas, a criação do desenhista jamais deixará de ser um sonho etéreo. 
Hoje, então, gostaria de fazer uns agradecimentos. Deixarei para uma próxima, minha esposa, minha família, amigos e tantos profissionais que fizeram parte deste projeto. 
Em 2003, se não me engano, eu marquei entrevista com um cara que era editor executivo da Conrad, que me recebeu de braços abertos e com muito respeito. Analisou meu projeto, deu dicas importantes, construtivas, otimistas e realistas. Naquele dia, não fechei nada com a editora, mas saí de lá entusiasmado e ciente de que tinha muito trabalho pela frente, e com suas palavras ecoando em minha mente, sabia que tinha uma chance! Hoje, nos tornamos amigos de profissão. O nome desse cara é Sidney Gusman, editor do premiado e importantíssimo site UniversoHQ. Quero deixar registrado aqui, que estou imensamente grato pelo apoio que estou recebendo. Valeu, Sidão!!!! 

 


Ainda em 2003, voltei a visitar uma certa editora (já tinha feito isso em 2001) e fui recebido muito bem também, com entusiasmo e respeito. A editora era a Brainstore. Este ano, voltei a ter contato com esse cara que ainda é o editor desta editora e hoje tem um veículo poderoso de informação em massa, à disposição de nós quadrinhistas brazucas, o site Bigorna.net, especializado em HQ brasileira. Gostaria de agradecer a todo o apoio que minha personagem está recebendo. Valeu, Eloyr!!! 

 


Estes caras são jornalistas de quadrinhos e estão neste mercado maltratado, mas em ascensão, batalhando e apoiando pessoas como nós, que levam em papel sonhos quadrinhografados. Recentemente, fui à entrega do HQ MIX. Foi muito legal, mas creio que falta uma categoria que deveria constar em sua grade de premiações: o de Incentivador de HQ. A luta diária que pessoas como o Sidão e Eloyr travam, não deveria passar em branco para a maioria das pessoas. Valeu, caros amigos!

15 de ago de 2005

02 - Produzindo Jaguara - Esboços preliminares

Fala, galera quadrinhística da net! 
Nesta atualização, vou mostrar a vcs, alguns esboços que estou fazendo enquanto finalizo a história. Primeiramente, vou mostrar alguns estudos sobre o que eu tenho mais dificuldade para acertar no traço, que é a feição da Jaguara! Pois é, acho que ainda vou ter que comer muita "tapioca" para chegar lá, mas sei que vou conseguir! Estou fazendo testes para ver como ela ficaria com um semblante mais cisudo, para aparentar a enorme responsabilidade que ela carrega por ser uma soberana e ainda "mulher". Jaguara teve uma vida de muitos sofrimentos e provações, e é isso que quero ver se consigo estampar em seu rosto, pelo menos nos primeiros livros. Deem uma olhada: 








Em minhas histórias, procuro sempre criar personagens coadjuvantes interessantes e melhorar os que já foram apresentados. No primeiro livro, o 1o capítulo, foi desenhado em 1998, o 2o em 2002, o 3o em 2003 e o 4o em 2004 a 2005. Tive muita influência do estilo Image, que era novidade na época, mas com o passar do tempo, tentei conduzir a história de outra forma, mais clássica e séria talvez, mas tive que dar mais ênfase a ação na 1o obra. Talves por isso não pude me aprofundar mais em algumas personagens e nem nos conflitos e medos da própria Jaguara. Não tive espaço para mostrar o seu dia-a-dia e suas responsabilidades. Neste segundo livro, é isso que quero fazer, mostrar mais a Jaguara e o que significa ser soberana do Jaguaretama. Para isso, tive a necessidade de introduzir personagens novos além do vilão principal que será a mula-sem-cabeça. Segue abaixo alguns esboços sobre este novos personagens: 






Estas são algumas idéias iniciais sobre esta tribo de macacos guerreiros, que estarão no próximo livro, dentre outras razões, para proporcionar aos leitores uma das maiores habilidades da Jaguara: seu incrível equilíbrio sobre as árvores e cipós da mata! 
Até a próxima!

2 de ago de 2005

01 - Produzindo Jaguara - O roteiro

E aí, galera apreciadora de quadrinhos! 
Este blog está no ar com um único propósito: levar aos leitores informações sobre a personagem Jaguara e como é o meu método de produzir uma HQ! A partir de hoje, mostrarei como está sendo a produção do próximo livro da Jaguara, cujo título ainda não está definido, mas o vilão principal será uma das mais fantásticas criaturas de nosso folclore: a mula-sem-cabeça! Mostrarei quais referências eu uso e onde as adquiro, alguns esboços dos cenários, personagens e detalhes, minha conturbada prancheta organizada e muitos mais! Acompanhe, se puder e faça seus comentários. Durante esta produção, farei algumas promoções (através do site da personagem) e 1 concurso de desenhos para os participantes deste blog. Por isso, é fundamental que você mande junto com seu comentário, seu e-mail. Bom, é isso aí! Acompanhem este blog, pois tentarei fazer com que ele seja o mais informativo e divertido possível! Valeu!!!!! 

Primeiramente, deixa eu mostrar à vocês, meu principal local de trabalho: minha prancheta! É claro que o livro da Jaguara e a foto da minha esposa são fundamentais para meu processo de criação! Vejam como até sou organizado: 



Geralmente, antes de começar a escrever, eu faço um cronograma bem simples sobre como e o que será a história. Algo bem simples mesmo, tipo: 
Rascunho geral - qual vilão entra - quais personagens novos vão entrar - o tema da história - o nome da história (em português e depois em tupi antigo)- temas abordados (liderança na tribo, ritos de passagem, discriminação, etc.) - temas que exijam pesquisa - começo, meio e fim da história. 
Depois de definir isso, eu começo a escrever uma sinopse geral da história toda. Procuro sempre deixar o livro 1 (Jaguara - Guerreira e Soberana) perto, para não "comer bola" na hora de dar continuidade as informações dadas anteriormente, para que os leitores do livro 2 (em produção) possam entender e acompanhar sem problemas. 



Escrevo somente as linhas e etapas gerais da história, sem definir cenários ou diálogos. Vejam que o título da história ainda está em português. Depois de definido, eu conto com a tradução do Dr. Eduardo Navarro para o tupi antigo. 



Nesta primeira fase, prefiro escrever à lápis em folhas de sulfite, para somente depois passar tudo à limpo e digitar no programa Word. Depois disso, começo a esboçar as páginas em folhas de sulfite, mas isso fica para a próxima fase. Até lá!