21 de jun de 2011

25 - Produzindo Jaguara - Teste de desenho e cor usando Pen Tablet

Toikobé!
Hoje vou postar alguns vídeos (de uma série), mostrando processos de desenho e pintura no computador usando o Photoshop CS5 e uma Pen Tablet Wacom Graphire 4 como ferramentas artísticas.
Segue o primeiro vídeo, que é uma amostra pronta desses processos:



Nos dois vídeos seguintes, mostro o processo de produção de uma ilustração feita desde o começo que se referem ao esboço inicial, feito com cor azul. Nele, enquanto desenho, falo um pouco sobre o universo da Jaguara e outras coisas mais. Mas confesso que é difícil falar e desenhar ao mesmo tempo...





Nestes vídeos mostro uma forma de se produzir ilustração bem comum nos dias de hoje, que é a arte digital, feita completamente no computador através de um software gráfico (Photoshop) e um hardaware específico (pen tablet).
Mostrarei mais pra frente, os processos convencionais feitos à mão, com papel, lápis e tinta.
Espero que gostem e no próximo post, mostro o processo seguinte de definição do traço sobre este desenho em azul desses últimos dois vídeos.
É isso!

Valeu!

14 de jun de 2011

24 - Produzindo Jaguara - Estudos de cenários

Toikobé!
Nossa destemida Jaguara irá se defrontar com uma nova categoria de tribo guerreira, os Guarini Ka'i (Guerreiros Macacos). Um povo poderoso mas que vive ou tenta viver à parte dos conflitos do Jaguaretama.
Nos cenários a seguir, tento mostrar um pouco da dificuldade natural para se chegar até esse povo.
Em algumas partes do caminho, homem algum conseguiria chegar a não ser que tivesse a espetacular força e agilidade dos Guarini Ka'i, o que não é o caso dos Krenakores e da grande maioria das tribos guerreiras do Jaguaretama. Mas como todos sabem, Jaguara lidera uma tribo de guerreiros por algum motivo, levando em conta que é uma mulher, o que foge completamente da tradição de líderes da história dos Krenakores.
Sua persistência e coragem são seus grandes trunfos e diferenciais que a fizeram se tornar uma lenda nessa terra inóspita e bela.
Vejam então, um dos estudos do primeiro cenário, que é o acesso preliminar para se chegar aos domínios dos Guarini Ka'i:


Neste cenário, de vista lateral, mostro a escala de tamanho com a imagem da Jaguara assinalada de verde. Lembre-se que a Jaguara tem 1,95 m de altura e com isso temos uma ideia do tamanho destes troncos retorcidos com galhos pontiagudos. A vegetação abaixo é composta de enormes arbustos espinhentos, que estão tão próximos uns dos outros, que o único meio de se atravessar é por cima dos troncos. Os espinhos destes arbustos expelem uma gosma viscosa que em contato com a pele causa um tipo de paralisia neural em poucos minutos. Para os Guarini Ka'i, atravessar troncos e galhos é tão natural e fácil como caminhar pelo bosque para os humanos. E este é apenas o primeiro obstáculo natural de seus domínios.

No segundo cenário, mostro um deslumbre daquilo que os Krenakores chamam de "caminho aéreo". Observem:


Neste cenário, a única forma de se locomover é voando ou se equilibrando nestes cipós grossos amarrados e entrelaçados em troncos gigantescos, que segundo alguns relatos, passam de 100 m de altura! Quem conseguir passar por esse caminho, começa a chegar perto da tribo do Guarini Ka'i. Claro que visitantes não são bem-vindos se não forem convidados, portanto sempre há uma patrulha de guerreiros macacos por lá, para dificultar ainda mais o quase impossível acesso.

Alguns dos principais conflitos ocorrerão nos domínios dos guerreiros macacos e espero poder mostrar o quão difícil é isso, já que neste lugar além de seus donos, pouquíssimos animais conseguem sobreviver.
Quando crio cenários deste tipo, fantasiosos, perigosos e bucólicos, os faço primeiramente vazios, para entender e estudar sua estrutura e topografia natural, para só então introduzir personagens nele. Desta forma, procuro adaptar os personagens ao cenário e não o contrário, pois na Natureza e em nosso mundo, DEVERIA ser assim. Mas...
Neste momento de criação e estudo, prefiro ouvir algo suave e que de alguma forma, me ajude a "linkar" o que estou sentindo com o que estou desenhando. Tenho uma App no meu iPhone chamada "Aves do Brasil - Mata Atlântica", que é gratuita, onde posso ouvir mais de 90 cantos de diferentes pássaros de nossa fauna. Vale a dica... Ouço também algumas músicas líricas e com temas de grandeza e pureza. Segue a dica de 2 músicas muito legais, que ouvi algumas vezes nesse processo:


Essa música se chama "Storms in Africa" da musicista irlandesa Enya (que eu e minha esposa adoramos) do álbum Watermark, de 1989. Esta é uma performance ao vivo mas há o clipe da música no You Tube para quem quiser ver que é envolvente e emocionante.


Esta se chama "Caribbean Blue" e é do albúm Shepherd Moons de 1991. Fascinante.

E o projeto continua indo bem...
É isso!

Valeu!