8 de nov de 2012

55 - Produzindo Jaguara - Arrivée en France

Toikobé!
Uma grande novidade surgiu de um contato muito legal que fiz com Eduardo Barbier, editor da revista em quadrinhos francesa La Bouche Du Monde.

Jaguara chegando à França através da La Bouche du Monde.
*Maira Monan! Que terra distante é essa?

Criada em 1991 em Belém do Pará com o nome de “A Boca do Mundo” e foi editada até o n° 4. Em 1998, na cidade de Narbonne ela renasce e se transforma em La Bouche du Monde, primeiro fanzine franco-brasileiro de quadrinhos aonde é editada até hoje. Em 2005,ela foi convidada no Festival Internacional de la Historieta de  Moron, Argentina e no mesmo ano ela participou da exposição HQ e BD, a arte do imagético, em São Paulo. Em 2008, o editor, Eduardo Brabier, foi convidado para o Festival internacional de quadrinhos da Argélia e no ano seguinte a BduM fez parte da seleção oficial do Festival Internacional de Angoulême.

Capa da 11ª edição, onde nosso conterrâneo Antonio Cedraz é homenageado e entrevistado.

Neste ano, através de um contato pelo face, o Eduardo me convidou a participar da seletiva do FIBDA 2012, enviando uma revista que edito e publico em parceria com a Editora Arresala, chamada Nabil.
Para nossa felicidade, a revista do Nabil foi selecionada e fez parte da Seleção Oficial do Festival, entre revistas do mundo todo.
Quando Eduardo conversou comigo dando a notícia, surgiu então a ideia de fazer uma história curta da Jaguara em sua revista. De imediato, adorei o projeto e acertamos então, a publicação dessa história da Jaguara em francês, que será traduzido pelo próprio Eduardo, para a La Bouche du Monde que sairá em março do ano que vem!!!
A história será um conto de guerra que fará parte de sua cronologia, diretamente ligada ao segundo livro da Jaguara, em fase de produção (60%) que sairá também no ano que vem.

2013 será o ano da sorte para nossa poderosa guerreira...

Valeu!